O universo em si

Ver

Ver com a mente

Ver com a consciência

Ver com a atenção

Sem estes olhares, os olhos não tem muita serventia.

Praticando e se aprimorando nestas três possibilidades de visão,

o mundo se desdobra em um vasto campo de beleza, que não satisfaz somente os olhos, mas também a própria alma.

Ver

De dentro para fora, se olha

De dentro para fora, o movimento de tudo o que compõe a si, gira.

O movimento continua,

Mas a consciência

A atenção

E a mente

Estão estáticas e estáveis

Observa-se, assim, o universo em si.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s