Montanhas, rios e árvores

Há um ditado no Zen que diz:
“Quando comecei no caminho, as montanhas eram somente montanhas e os rios eram somente rios.
Quando me aprofundei no caminho, as montanhas não eram mais somente montanhas, os rios não eram mais somente rios.
Quando entendi o caminho, as montanhas eram novamente, somente montanhas, os rios eram novamente, somente rios.”

Quando eu comecei a meditar, não acontecia nada.
Eu praticava todos os dias e me perguntava porque estava praticando aquilo.
Depois de uma semana sem meditar,
meditei um pouco,
e percebi o quanto a meditação fez meu pensamento ficar mais lógico, naquele exato momento.
Sendo esquizofrênico, encontrar algo que tem tamanho poder de me manter na lógica, é um grande achado.
E voltei a praticar todos os dias.
Nesta época, eu frequentava um centro de Budismo Tibetano. Foi lá que encontrei minhas primeiras instruções sobre como meditar.
Depois de um tempo, quis conhecer o Zen Budismo.
E já de início, as montanhas não eram mais somente montanhas e os rios não eram mais somente rios.
Foi maravilhoso.
Vivi, dentro de mim, durante a meditação e fora desta também, coisas incríveis, coisas gostosas, coisas que pareciam ir além…
De fato, neste momento, nada era simplesmente o que era, e tudo era belo e incrível.
A vida se desenrolou
E chegou a um ponto onde há simplicidade na minha pratica diária.
Os rios, de fato, fora de mim, voltaram a ser somente rios, mas o meu Interior vendo tal maravilha da existência, que é o rio, não consegue não se deslumbrar.
Assim, as árvores são somente árvores outra vez, mesmo embora, nada nunca mais, dentro de mim, será desprovido de maravilha, e de uma beleza que traz luz para os meus dias, tornando-os alegres e belos.
As coisas são elas mesmas,
mas quando as vemos, há algo dentro de nós que nos mostra o sentido de tudo,
a beleza de tudo
que é desprovida de opiniões e dualidades. Revelando a nossa parte mais elevada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s