Para não se revoltar

Revolta

A revolta se manifesta, quando há uma ideia de mundo perfeito.

Olha-se para o mundo como ele é,

e a agressividade se manifesta.

A revolta leva a uma furiosa tentativa de acusar

o mundo e o que há nele.

Para não se revoltar,

Dar o melhor de si.

Nunca acusar,

Nunca reclamar,

E entender

que a própria vida não pode ser deixada nas mãos de outros.

No mundo, há o mal,

há a crueldade.

Revoltando-se,

gasta energia furiosa,

e nunca se está satisfeito.

Permitindo a revolta dominar,

esta leva a um estado de insatisfação constante.

Para não se revoltar,

Voltar-se para o momento presente,

viver o que há neste,

e achar a alegria, o amor e a satisfação.

Esvaziando a si,

De toda insatisfação em relação ao mundo.

Um comentário em “Para não se revoltar”

  1. Gostei do exercício. “Para não se revoltar, voltar-se para o momento presente, viver o que há neste e achar a alegria, o amor e a satisfação.”
    Vou experimentar 👍

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s