Pelos quatro cantos do mundo

Calma 

Depois do momento que exige esforço 

Minha atenção volta 

E fica no momento 

Me trazendo para o momento presente 

É uma sucessão de 

Luta e paz 

Vem a luta 

E a luta passa 

Vem a paz então 

Alegria interior 

Sempre 

A todo momento 

E uma fé

Que sabe que tudo ficará bem 

Tendo mesmo no desespero 

O conhecimento 

De que a felicidade faz parte de si 

E mesmo que às vezes fique encoberta 

E não visível 

Está nas nossas profundezas 

Esperando a liberdade 

Para poder se manifestar 

E se espalhar 

Se possível 

Pelos quatro cantos do mundo 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s