A mais perfeita liberdade

Portais

O primeiro portal que cruzei,

foi o portal do medo.

Fui para a escuridão,

e me permiti soltar o meu medo.

Percebi, então,

que, às vezes, nosso medo está associado a uma situação de sofrimento.

Quando se perde o medo,

o condicionamento

que nos faz evitar determinado sofrimento,

se desfaz.

A situação se repete,

por não se tentar evitá-la.

O sofrimento é, neste momento, revelado por de traz do medo.

Assim, se sabe o que é sofrimento e o que é medo.

Há coisas que tentamos evitar, por medo,

mas que na verdade são um grande sofrimento.

Depois de liberto do medo,

não é mais sobre ser corajoso,

é sobre ter, dentro de si,

o conhecimento acerca do próprio sofrimento.

E, com isso, lutar para superar a repetição da situação de sofrimento, com a qual se acostumou.

A  jornada que se segue

É a jornada de conquistar a mais perfeita liberdade

2 comentários em “A mais perfeita liberdade”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s