Nada é mais precioso do que a própria vida

Música

Por anos, estudei música.

Quando a guitarra chegou na minha vida,

a vida adquiriu um novo propósito,

um novo sabor.

Eu tinha nove anos.

Com algum tempo, já tinha uma boa habilidade.

Acabou se revelando, em mim, uma grande aptidão para música.

Aos 12 anos, comecei a tocar bateria,

aos dezesseis, fui para o violão clássico,

e acabei indo para o piano.

Este foi o remanescente.

O instrumento que mais falou comigo.

Quando tocava guitarra ou bateria em bandas,

não gostava de fazer concessões na hora de compor.

E o piano deu tão certo para mim,

porque nele, posso fazer uma música completa sozinho.

No piano, faço a levada, a harmonia e a melodia.

Uma música completa.

Mas o mais importante na minha jornada com a música

foi o processo que vivi,

e que aconteceu ao longo de anos.

Aprendi a ter paciência no processo de adquirir uma habilidade,

aprendi o valor da constância,

da prática,

do treino.

No entanto, depois do surto psicótico que vivi,

quando esmurrei meu rosto o dia inteiro,

deixando minhas mão traumatizadas,

tocar ficou difícil.

Para reaver minha habilidade

tive de aprender a tocar de modo a não forçar a minha mente,

para evitar as minha mãos de se contraírem,

fazendo com que eu perca a habilidade durante o tocar.

E eis o maior aprendizado:

é possível se adaptar a tudo.

Quando tentamos achar o propósito de nossas vidas,

E, principalmente, o propósito dos nossos sofrimentos

a frustração some.

É preciso abrir mão de algumas coisas,

daquilo que se perdeu,

olhar para a própria vida,

e ver que ainda está tudo ali.

As formas das coisas mudaram,

foi preciso me adaptar,

e olhar com todo gosto, para o que foi formado na minha própria vida.

Isso me fez ver que nada é mais precioso do que a própria vida.

2 comentários em “Nada é mais precioso do que a própria vida”

  1. Choro de emoção ao ler o seu relato tão poético, Cauê! Tão cheio de amor e gratidão. Talvez pq também passei, e passo, por um processo assim. Talvez todas as pessoas que amadurecem passem. Talvez algumas com um pouco mais de intensidade…mas pra todos, todos nós, o mais valioso que existe é a própria vida.
    Vlw companheiro de jornada. Nutrida de reflexões e sentimentos, embarco agora na viagem junto à emoção da música. 🙏 Gratidão 😌

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s